plano-nacional-de-cinema.-200-mil-alunos-ja-viram-filmes-em-‘streaming’

Plano Nacional de Cinema. 200 mil alunos já viram filmes em ‘streaming’

Os números avançados por Elsa Mendes acompanham a evolução do PNC, que “cresceu de forma extraordinária nos últimos dois anos”, disse a responsável na sessão de apresentação do Plano Local de Cinema de Leiria, que decorreu no mimo – Museu da Imagem em Movimento.

“A missão principal do PNC é trazer os alunos ao cinema, às salas, aos festivais de cinema. A plataforma de ‘streaming’ é um complemento a isso e, desde que a inaugurámos para uso exclusivo das escolas, o sucesso tem sido extraordinário”, sublinhou.

Desde o final do ano letivo de 2021, a ferramenta levou, em contexto escolar, “cinema português e algum cinema internacional” a alunos dos 18 distritos de Portugal, das duas regiões autónomas, “e também das escolas portuguesas nos países da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa”.

“Duzentos e cinquenta mil jovens espetadores são números interessantes em termos do cinema português. A média que um filme português faz [em sala] são 10 mil espetadores e já é um filme que faz muito. Alguém um dia destes vai ter de levar mais a sério e estudar o que se passa nas plataformas ‘streaming'”, defendeu a coordenadora do PNC. 

Em Leiria, Elsa Mendes classificou o PLC (Plano Local de Cinema) do concelho como “um projeto único” e “de louvar, para as áreas da cultura e da educação”.

“No ano passado o PLC estava a dar os primeiros passos. Vemos agora que há frutos que já se começam a colher”, disse, realçando a articulação e interesse do programa educativo hoje apresentado para Leiria, que contempla mais de 60 atividades envolvendo dez agrupamentos escolares e escolas não agrupadas e nove instituições e iniciativas de âmbito cultural, social, educativo e ambiental.

O PLC de Leiria revela-se “um importante contributo” para a missão do PNC, que pretende estender-se a todo o país: 

“Neste momento temos 550 escolas e os agrupamentos são 850. A toda a altura estão a entrar mais escolas para o projeto”.

“É muito importante termos pequenas equipas de professores que mostram sistematicamente, e não de forma avulsa, cinema aos alunos – e principalmente cinema português. É assim que estamos a criar público para o cinema e público cinéfilo. Estamos a formar o público de amanhã”, acrescentou a responsável do PNC. 

Leia Também: Exposição dedicada à obra de Alfredo Keil em Castelo Branco

Seja sempre o primeiro a saber.
Sétimo ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

Compartilhe nas redes sociais

Benvindo(a) à Radio Manchete. 📻

Ouvir 📻
X