A BOLA – Escândalo sexual: presidente da federação suspenso de funções (França)

Noel le Graet foi suspenso da presidência da Federação Francesa de Futebol (FFF), cargo que ocupava desde junho de 2011. Decisão para entrar em vigor com efeito imediato, e por tempo indeterminado, determinada na reunião do Comité Executivo do organismo que decorreu durante a manhã desta quarta-feira.

Segundo a RMC, o vice-presidente Philippe Diallo assumirá interinamente o cargo até ser conhecido o resultado da auditoria interna, que, a partir de hoje, vai analisar as novas suspeitas de assédio sexual sobre Le Graet (ver notícia associada) e que pode determinar o afastamento definitivo do dirigente.

A juntar às polémicas relacionadas com assédio sexual, o processo de renovação do selecionador Didier Deschamps, que Le Graet decidiu de forma unilateral, e as infelizes declarações sobre Zinedine Zidane fragilizaram ainda mais a posição de Le Graet perante o Comité Executivo, composto, entre outros, por Jean-Michel Aulas, presidente do Lyon, e Vincent Labrune, presidente da Liga Profissional Francesa.

Polémicas que mereceram reações de vários sectores em França, incluindo do próprio governo.

Noel le Graet estava a um ano de terminar o quarto mandato como líder máximo da FFF.

Compartilhe nas redes sociais

Benvindo(a) à Radio Manchete. 📻

Ouvir 📻
X