Menos acidentes e mortos nas estradas em nove meses de 2022


















A Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR) revelou que se registaram, entre janeiro e setembro de 2022, 25.372 acidentes com vítimas, 359 óbitos, 1.890 feridos graves e 29.785 feridos leves.

Em relação ao ano de 2019, usado como referência devido às quebras de circulação rodoviária nos anos da pandemia, destaca-se uma redução na sinistralidade, refere o relatório da ANSR, divulgado esta quinta-feira.

Relativamente a 2021, em 2022 registou-se um aumento da circulação rodoviária, “com o correspondente acréscimo no risco de acidente, como se pode concluir do aumento de 10,9% no consumo de combustível rodoviário até setembro” e “do crescimento de 30% no tráfego das autoestradas registado no primeiro semestre”.

Entre janeiro e setembro do ano passado, em Portugal continental, registaram-se 24.310 acidentes com vítimas, dos quais resultaram 353 mortos, 1.760 feridos graves e 28.571 feridos leves, o que representa uma quebra relativamente aos primeiros nove meses de 2019, mas uma subida no que se refere ao período homólogo.



Os comentários estão desactivados.

Compartilhe nas redes sociais

Benvindo(a) à Radio Manchete. 📻

Ouvir 📻
X