agencia-espacial-europeia-anuncia-20-satelites-portugueses

Agência Espacial Europeia anuncia 20 satélites portugueses

DR

Coimbra está na linha da frente das tecnologias do espaço em Portugal, beneficiando da parceria que o Instituto Pedro Nunes (IPN), da Universidade de Coimbra, celebrou em 2014 com a Agência Espacial Europeia (ESA). Assim surgiu o Space Solutions Centre Portugal, uma incubadora de empresas de tecnologia espacial que já recebeu e financiou 56 projetos em oito anos.
As empresas spin-off apresentam a sua candidatura que, em caso de ser aprovada, lhes proporciona um espaço de desenvolvimento e um financiamento automático de 50 mil euros. Entram por ano cerca de uma dezena.

Rede nacional de empresas do espaço
Entretanto, desenvolveu-se uma rede descentralizada ESA Space Solutions (ESA BIC), em que outras empresas em crescimento neste setor – embora localizadas em diferentes cidades – beneficiam dos mesmos apoios, num total atual de 16. Mesmo assim, a maior parte das empresas continua concentrada nesta incubadora do espaço localizada no IPN.
Neste contexto, Jorge Pimenta, coordenador do programa ESA Space Solutions, anunciou ontem a conclusão de um novo edifício de ampliação da incubadora existente, para o qual deverão migrar, no próximo mês de março, as atuais empresas instaladas.
O IPN alargou a incubadora com um aumento de área equivalente a quatro mil metros quadrados e um investimento superior a um milhão de euros.

Tecnologia espacial em aplicações terrestres
À margem da sessão de comemoração dos oito anos de existência do ESA Space Solutions, o presidente do IPN, João Gabriel Silva, explicou que as empresas que fazem parte do cluster têm a sua atividade associada a tecnologias destinadas à exploração espacial, ou são utilizadoras de tecnologias desenvolvidas no espaço, ou adaptam essas tecnologias para outros fins da economia. Assim, concluiu, “Coimbra é o ponto central da promoção das tecnologias do espaço”.
Um dos oradores da sessão de ontem – onde estiveram cerca de duas dezenas de representantes de empresas – foi Ricardo Conde, diretor nacional da Agência Espacial Europeia.

Portugal vai lançar duas dezenas de satélites
O responsável recordou que foi em 1993 que teve lugar o lançamento do primeiro satélite português (PoSAT), pela mão de Fernando Carvalho Rodrigues. Vão assinalar-se este ano as três décadas desse marco da ciência portuguesa, exatamente quando está em preparação o lançamento, num prazo de quatro anos, de cerca de duas dezenas de satélites, tudo em resultado do desenvolvimento tecnológico e da aposta do país nesta fileira.
Em Coimbra, o ESA Space Solutions afirma-se como “um centro de excelência que promove a inovação e a transferência de tecnologia na área espacial, através da colaboração entre a Agência Espacial Europeia (ESA) e a comunidade empresarial, académica e governamental portuguesa”. | António Rosado

Compartilhe nas redes sociais

Benvindo(a) à Radio Manchete. 📻

Ouvir 📻
X