aumento-das-pensoes-ja-comecou-a-ser-pago.-recorde-aqui-como-funciona

Aumento das pensões já começou a ser pago. Recorde aqui como funciona

A Segurança Social procedeu, no dia 9 de janeiro, ao pagamento das pensões de janeiro, com os aumentos previstos para 2023, anunciou o Instituto da Segurança Social (ISS), na quinta-feira. 

As pensões foram também processadas já com as novas tabelas de retenção na fonte do IRS, segundo indicou à Lusa o Ministério do Trabalho.

O aumento, explica o ISS, abrangeu mais de 2,3 milhões de pensionistas, sendo que, com esta subida, as pensões de montante:

  • igual ou inferior a 960,86€ (2xIAS) aumentam em 4,83%;
  • entre os 960,86€ e 2.882,58€ (6xIAS) aumentam em 4,49%;
  • acima dos 2.882,58€ (6xIAS) aumentam em 3,89%.

O ISS recorda que, através da Segurança Social Direta, os pensionistas podem consultar o recibo da sua pensão, que inclui informações sobre os valores recebidos, abonos e deduções.

“É também possível consultar o valor a receber de pensão a partir do momento em que esta é processada”, pode ainda ler-se. 

— Instituto da Segurança Social (@seg_social_pt) January 12, 2023

Para obter o seu recibo de pensão, selecione o menu Pensões > Rendimentos de Pensões > Recibos de Pensão

De acordo com as novas tabelas, o valor a partir do qual os salários e pensões fazem retenção de IRS aumentou em janeiro para 762 euros, o que traduz uma subida de 52 euros face ao valor dos salários que estavam isentos em 2022 de retenção e de 42 euros relativamente às pensões.

Segundo indicou então o Ministério das Finanças, as novas tabelas foram desenhadas de forma a garantir que “os trabalhadores e pensionistas que tenham sido aumentados, têm de facto um aumento do rendimento líquido entre o final de 2022 e janeiro de 2023”.

No total, os aumentos abrangeram 3,7 milhões de pensões, que beneficiam 2,7 milhões de pensionistas da Segurança Social e CGA, com a medida a ter um custo anula de 1.265 milhões de euros, segundo o Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social.

Leia Também: IRS. Estes são (todos) os prazos que deve ter em atenção este ano

Seja sempre o primeiro a saber.
Sétimo ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

Compartilhe nas redes sociais

Benvindo(a) à Radio Manchete. 📻

Ouvir 📻
X