inflacao-em-angola-ficou-nos-13,9%-em-dezembro,-a-mais-baixa-desde-2015

Inflação em Angola ficou nos 13,9% em dezembro, a mais baixa desde 2015

De acordo com o Índice de Preços no Consumidor Nacional, a variação homóloga registou, em dezembro de 2022, um decréscimo de 13,17 pontos percentuais em relação a igual período do ano anterior (dezembro de 2021), verificando-se uma desaceleração de 1,38 pontos percentuais em relação ao mês anterior.

Segundo as séries estatísticas do INE, a que a Lusa teve acesso, desde dezembro de 2015 que os preços não estavam tão baixos (12,09%).

Em termos mensais, o IPCN registou uma variação de 0,87% entre novembro e dezembro de 2022.

Comparando as variações mensais registou-se uma aceleração de 0,05 pontos percentuais, ao contrário do que aconteceu em termos homólogos (dezembro 2021 a dezembro 2022), com uma desaceleração de 1,23 pontos percentuais.

Por classes de consumo, durante o mês de dezembro de 2022, a classe “Vestuário e Calçado” foi a que registou o maior aumento de preços (1,98%), verificando-se igualmente subidas na “Saúde” (1,85%), “Bens e Serviços Diversos” (1,46%) e “Lazer, Recreação e Cultura” (1,08%), enquanto os transportes e comunicações tiveram variações menos expressivas (0,23% e 0,27%, respetivamente), e na educação ficaram inalterados. 

Leia Também: MNE chinês encontra-se hoje em Luanda com Presidente e homólogo angolanos

Seja sempre o primeiro a saber.
Sétimo ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

Compartilhe nas redes sociais

Benvindo(a) à Radio Manchete. 📻

Ouvir 📻
X