João Félix borrou a pintura e acabou expulso na estreia com camisola do Chelsea – Mundo

O Fulham, treinado pelo português Marco Silva, somou esta quinta-feira o quarto triunfo seguido na Liga inglesa de futebol, diante do Chelsea (2-1), pelo qual se estreou João Félix, que acabou expulso no encontro em atraso da sétima jornada. 

No dérbi londrino, em Craven Cottage, as atenções estavam viradas para o avançado emprestado pelo Atlético de Madrid até ao final da temporada, mas o primeiro jogo pelos ‘blues’ não será para recordar, ainda para mais com a agravante de ficar fora dos próximos três encontros da Premier League. 

Com o médio luso João Palhinha entre os titulares dos anfitriões, foi o brasileiro Willian a abrir o ativo e logo contra o conjunto que representou entre 2013 e 2020, quando estavam decorridos 25 minutos. 

No segundo tempo, a reação do Chelsea não podia ter sido melhor, já que o central senegalês Koulibaly (47) aproveitou bem um ressalto na área para restabelecer a igualdade, 11 minutos antes de João Félix ter sido imprudente numa disputa de bola com Tete, recebendo, por isso, o cartão vermelho direto. 

O antigo futebolista do Benfica é o primeiro jogador a ser expulso pelo Chelsea na estreia na Premier League e o primeiro a fazê-lo por qualquer clube desde Federico Fazio, que recebeu igualmente ordem de expulsão quando representava o Tottenham, em outubro de 2014, num encontro contra o Manchester City.
Em vantagem numérica, o também ex-jogador do Benfica Carlos Vinícius aproveitou bem a ausência do habitual titular Mitrovic para se tornar no herói do encontro, marcando, de cabeça, o tento vitorioso, aos 73 minutos.

Com este triunfo, e apesar de ser o único clube da prova com 19 jogos disputados, o Fulham ocupa o sexto posto, com 31 pontos, de uma classificação liderada de forma isolada pelo Arsenal (44). Por sua vez, o Chelsea é 10.º posicionado, com 25.

Saber mais sobre




Vai gostar de





Compartilhe nas redes sociais

Benvindo(a) à Radio Manchete. 📻

Ouvir 📻
X