ministra-da-agricultura-nao-sabia-de-processos-judiciais-que-envolviam-carla-alves

Ministra da Agricultura não sabia de processos judiciais que envolviam Carla Alves

A ministra da Agricultura, Maria do Céu Antunes, afirmou, esta sexta-feira, que desconhecia qualquer envolvimento em processos judiciais de Carla Alves, a ex-secretária de Estado da Agricultura que esteve no cargo durante um dia. Até agora, o ministério só se tinha pronunciado em comunicado.

Ao início da tarde desta sexta-feira, em Mesão Frio, no distrito de Vila Real, Maria do Céu Antunes, reafirmou que “o conhecimento que tinha é que não havia qualquer processo judicial que envolvesse a engenheira Carla Alves”. “A minha proposta foi no sentido de que, sendo uma pessoa muito querida da região [de Trás-os-Montes e Alto Douro] e dos seus agricultores, e que estava no Ministério da Agricultura desde 2018 – era diretora regional de Agricultura e Pescas do Norte -, reunia todas as condições”.

Maria do Céu Antunes frisou ainda que “neste momento não tem nada mais a acrescentar” sobre o assunto e que na próxima quarta-feira de manhã irá à Assembleia da República falar sobre a polémica que envolveu a nomeação e posterior demissão da ex-secretária de Estado Carla Alves. “É lá que darei as informações complementares”, sublinhou.

A ministra da Agricultura avançou ainda que a próxima escolha para liderar a Secretaria de Estado da Agricultura já vai ter de submeter-se ao inquérito de 36 perguntas para verificação prévia da idoneidade para o cargo. “A pessoa que vier a ser escolhida vai utilizar aquele formulário para poder verificar se tem, ou não, condições para assumir o lugar”, destacou.

Compartilhe nas redes sociais

Benvindo(a) à Radio Manchete. 📻

Ouvir 📻
X