parlamento-russo-ameaca-confiscar-bens-de-cidadaos-que-sairam-do-pais

Parlamento russo ameaça confiscar bens de cidadãos que saíram do país

O presidente do Parlamento russo, Viacheslav Volodin, ameaçou esta sexta-feira confiscar os bens dos russos que abandonaram o país e que “se permitem denegrir publicamente a Rússia”.

“O objetivo dessas pessoas é (…) tentar preservar o seu bem-estar no estrangeiro”, onde “vivem confortavelmente” graças à Rússia e aos rendimentos que recebem do país, escreveu o presidente do Parlamento russo (Duma) na plataforma Telegram.

Volodin acusou ainda “os canalhas que partiram” de “denegrirem a Rússia, os seus habitantes e os seus soldados, e apoiarem abertamente bandidos, nazis e assassinos”.

A ofensiva militar lançada a 24 de fevereiro pela Rússia na Ucrânia foi justificada pelo presidente russo, Vladimir Putin, com a necessidade de “desnazificar” e desmilitarizar a Ucrânia para segurança da Rússia.

Volodin defendeu que as declarações contra o país e os seus militares podem ser consideradas como “apelo ao extremismo, reabilitação do nazismo ou desacreditação das Forças Armadas”, crimes contemplados no Código Penal russo.

“Como mostra a prática, as medidas de resposta existentes [para esses crimes] são insuficientes”, lamentou o dirigente russo.

“Seria conveniente incluir nos respetivos artigos do código penal a apreensão dos bens que os patifes possuem na Rússia, que sejam suficientes para compensar os danos causados”, sublinhou Volodin.

Segundo estimativas, centenas de milhares de russos terão abandonado o país, sobretudo no outono, depois de o Kremlin ter anunciado a mobilização de centenas de milhares de homens em idade de combate.

Em dezembro, o ministro do Desenvolvimento Digital, Maksut Shadayev, admitiu que cerca de 100 mil profissionais de tecnologias de informação da Rússia, ou 10% do total, deixaram o país em 2022.

Estas partidas suscitaram preocupações sobre uma fuga de cérebros que poderia criar escassez de trabalhadores no setor de alta tecnologia, que requer pessoal altamente qualificado.

Compartilhe nas redes sociais

Benvindo(a) à Radio Manchete. 📻

Ouvir 📻
X