temperaturas-descem-ate-os cinco-graus-negativos.-frente-fria-traz-chuva-e-neve

Temperaturas descem até os cinco graus negativos. Frente fria traz chuva e neve

A terceira semana de janeiro vai ser fria, muito fria. Uma frente polar, que vai atravessar o país, vai trazer frio, chuva e neve em montanhas acima dos 600 metros de altitude, de domingo a quinta-feira

As temperaturas mínimas vão descer até aos cinco graus negativos nos próximos dias. A “passagem de superfícies frontais frias”, que atravessam Portugal de norte para sul, “às quais estão associadas massas de ar polar, provenientes de nor-noroeste” vão trazer “chuva, especialmente nas regiões Norte e Centro, mais frequente no Minho e Douro Litoral, sob a forma de neve nas terras altas já no dia 15”, segunda-feira.

Segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), a “neve deverá ocorrer em cotas relativamente baixas, acima de 900/1100 metros de altitude na região Centro, baixando até 600/800 metros na região Norte”. A neve poderá ocorrer em cotas mais baixas a partir do final do dia 17.

Entres os dias 15 e 19 de janeiro, “prevê-se uma descida gradual de temperatura, que se fará sentir inicialmente nas regiões Norte e Centro, estendendo-se a todo o território no dia 18”. A temperatura mínima deverá ser inferior a 5° centígrados na generalidade do território, exceto no litoral, onde podem ficar pelos oito. “No interior Norte e Centro, as mínimas devem variar entre os -5 e os 0 graus”. A temperatura máxima não deve ultrapassar 11 a 14 graus centígrados neste período de tempo, caindo para 5 a 9 graus no interior Norte e Centro.

O IPMA prevê, ainda, uma intensificação do vento no litoral e nas terras altas, onde soprará moderado a forte”. As baixas temperaturas associadas ao vento forte aumentarão o desconforto térmico”, acrescenta o alerta.

Compartilhe nas redes sociais

Benvindo(a) à Radio Manchete. 📻

Ouvir 📻
X