costa-pede-a-bancada-do-ps-para-acelerar-aprovacao-da-“agenda-para-o-trabalho-digno”

Costa pede à bancada do PS para acelerar aprovação da “Agenda para o Trabalho Digno”

Arquivo Lusa-António Cotrim

O secretário-geral do PS pediu hoje à bancada socialista que acelere no parlamento a aprovação final do diploma relativo à “Agenda do Trabalho Digno”, considerando este passo essencial para a execução do acordo de concertação social.

Esta posição foi transmitida por António Costa na sua intervenção de abertura na reunião da Comissão Nacional do PS, que decorre em Coimbra e na qual está presente o presidente do Grupo Parlamentar socialista, Eurico Brilhante Dias.

“O primeiro dos grandes desafios que temos para os próximos meses é a aprovação definitiva na Assembleia da República da [proposta de lei] Agenda para o Trabalho Digno”, declarou o primeiro-ministro.

De acordo com António Costa, o acordo de médio prazo que o Governo assinou em sede de concertação social “só terá execução efetiva se, com esta agenda, desbloquear-se e valorizar-se a negociação coletiva, reforçando a capacidade das estruturas sindicais”.

Um reforço da capacidade traduzida “nos acordos coletivos e nos acordos de empresa” em relação às metas fixadas no acordo de concertação social subscrito pela UGT e confederações patronais.

“Por isso, o apelo que faço novamente ao Grupo Parlamentar do PS é que coloque toda a sua energia na aprovação tão rápida quanto possível da Agenda do Trabalho Digno para fortalecermos a negociação coletiva, para se assegurar uma maior equilíbrio entre a vida profissional, familiar e pessoal, e para combater a precariedade (em particular a dos jovens)”, reforçou.

Compartilhe nas redes sociais

Benvindo(a) à Radio Manchete. 📻

Ouvir 📻
X