“Esta é uma parte do mundo com paisagens deslumbrantes”

O jornal de referência britânico The Times destaca Arcos de Valdevez num artigo que são valorizadas as paisagens, a cultura e a gastronomia locais.

Num artigo intitulado “Kate Humble hikes the timeless Portugal that tourists miss” (Kate Humble percorre o Portugal intemporal de que os turistas perdem), o jornal The Times apresenta um roteiro de férias, escrito por Katherine Mary Humble, onde a apresentadora de televisão inglesa, que trabalha principalmente para a BBC, canal especializado em programas de vida selvagem e ciência, realizou em Arcos de Valdevez, Soajo e Peneda.

Em Arcos de Valdevez a apresentadora aproveitou para fazer trilhos, observar a vegetação e usufruir da frescura das sombras das árvores, os animais que encontravam pelo caminho (pássaros, vacas cachenas, borboletas ou cavalos), banharem-se nos ribeiros e lagoas de água fresca, bem como sentir os cheiros da natureza circundante.

De igual modo provou o vinho verde e gastronomia, gabando inclusive, a ótima gastronomia do restaurante Saber ao Borralho, em Soajo, onde “Rosa serve receitas herdadas dos seus familiares como o bacalhau e a carne cachena, cozinhada lentamente e servida com arroz de feijão tarreste”.

Kate descreve também a vila do Soajo, onde ficou hospedada, deixando curiosidade a quem a lê: “O Soajo tem uma história longa e algo régia e embora hoje vivam lá menos de 1.000 pessoas permanentemente, é muito mais uma ‘aldeia viva’ com um supermercado, uma igreja ativa, um pequeno mas espetacular museu e uma das melhores lojas de ferragens que já conheci. (…) Os jardins e os terrenos são cultivados e pastados; há vasos de flores coloridas, gatos sonolentos e cães latindo nos quintais. Pilhas de lenha aguardam o inverno. E num afloramento de granito exposto na borda da aldeia estão 24 celeiros semelhantes a sarcófagos – pequenas construções de pedra usadas para armazenar milho, encimadas por cruzes para proteção divina”.

E sobre a Peneda, onde também realizou trilhos, escreve: “Fizemos o nosso piquenique junto a um santuário no topo de uma colina, à sombra de pinheiros e na companhia de libélulas e papa-moscas, olhando para a Peneda ao longe com o seu enorme Santuário de Nossa Senhora da Peneda do século XVIII pairando sobre as casas. Algumas horas depois, tendo subido as centenas de degraus até a igreja, nadamos numa espetacular lagoa escondida graças a um habitante local que nos revelou a sua existência”.

“Esta é uma parte do mundo com paisagens deslumbrantes” afirma a jornalista no seu artigo.

Em comunicado, a Câmara de Arcos de Valdevez afirma que este artigo enche “a todos de orgulho, pois demonstra que Arcos de Valdevez cada vez mais se afirma como destino de excelência e consegue atrair visitantes das mais variadas partes do mundo”.

O artigo completo pode ser lido aqui.

Compartilhe nas redes sociais

Benvindo(a) à Radio Manchete. 📻

Ouvir 📻
X