ps-assinala-50-anos-com-jantar-em-lisboa-e-“grande-festa-popular”-no-porto

PS assinala 50 anos com jantar em Lisboa e “grande festa popular” no Porto

O jantar do 50.º aniversário do PS, em 19 de abril, em Lisboa, terá a presença do chanceler alemão, Olaf Scholz, e do histórico socialista e antigo primeiro-ministro espanhol Felipe González, anunciou, este sábado, António Costa.

Falando na abertura da reunião da Comissão Nacional do PS, que decorre em Coimbra, António Costa adiantou também que, dias depois, em 23 de abril, ainda no âmbito das comemorações, haverá “uma grande festa popular” no Pavilhão Rosa Mota, no Porto, com a presença do primeiro-ministro de Espanha, Pedro Sánchez, atual presidente da Internacional Socialista.

Segundo António Costa, as comemorações da fundação do PS, por Mário Soares, na Alemanha, em Bad Münstereifel, em 19 de abril de 1973, terão “dois momentos particularmente marcantes”.

“No dia 19 de abril – o dia da fundação – teremos um jantar no Pavilhão Carlos Lopes, em Lisboa. Nesse jantar teremos como convidado especial o nosso camarada Olaf Scholz, em homenagem ao importantíssimo e decisivo apoio que o SPD deu à fundação do PS”, afirmou.

Nesse jantar, segundo António Costa, estará também como convidado especial “uma grande figura internacional, que felizmente ainda se mantém ativo e que foi testemunha em grande proximidade do processo de fundação na clandestinidade e de afirmação política do PS a seguir ao 25 de Abril de 1974: Felipe González”.

“Ele é testemunha de como o PS se construiu como um grande partido nacional e popular, batendo-se pela liberdade nas ruas deste país”, afirmou.

No Porto, na festa do Pavilhão Rosa Mota, além de Pedro Sánchez, estará também o presidente do Partido Socialista Europeu (PSE), Stefan Löfven, ex-primeiro-ministro da Suécia.

Compartilhe nas redes sociais

Benvindo(a) à Radio Manchete. 📻

Ouvir 📻
X