bis-de-dybala-assegura-regresso-aos-triunfos-da-roma-de-jose-mourinho

Bis de Dybala assegura regresso aos triunfos da Roma de José Mourinho

Dois golos do argentino Paulo Dybala deram hoje a vitória à Roma na receção à Fiorentina, na 18.ª jornada da Liga italiana, assegurando o regresso aos triunfos da formação comandada pelo português José Mourinho.

Com o português Rui Patrício titular na baliza romanista, o jogo ficou decidido em três momentos, a começar pela expulsão, por acumulação de amarelos, de Dodô, logo aos 24 minutos.

Diminuída, a equipa de Florença, adversária do Sporting de Braga no play-off de acesso aos oitavos de final da Liga Conferência Europa, perdeu argumentos para disputar o jogo e o inglês Tammy Abraham assistiu, com um toque de peito, um vólei certeiro de Dybala, que ainda desviou num defesa para enganar o guarda-redes, aos 40.

No segundo tempo, os papéis repetiram-se, com o avançado inglês a descobrir o argentino na área, para fechar o resultado aos 82 com o seu 10.º golo em 16 jogos pela formação da capital italiana, a que chegou esta época.

Contas feitas, a Roma segue em sétimo, com 34 pontos, os mesmos de Lazio, quinta, e Atalanta, sexta, atrás de Inter Milão (quarto) e Juventus (terceira), ambos com 37, e do AC Milan, segundo com 38.

Destacado na liderança está o Nápoles, que goleou a Juventus na sexta-feira por 5-1 e soma 47.

O destaque do dia foi a goleada ‘gorda’ da Atalanta, que recebeu e venceu a Salernitana por 8-2, anulando tentos de Dia e Caviglia com um ‘bis’ de Lookman e tentos de Koopmeiners, Boga, Scalvini, Hojlund, Ederson e Zortea.

A formação de Bérgamo segue entre o grupo de equipas com 34 pontos, na luta pela Europa, enquanto a Salernitana prosseguiu a série negativa, com a quarta derrota nos últimos cinco encontros, e é 16.ª, com 18.

O Bolonha subiu a 11.º ao dar à Udinese, oitava, o seu 10.º jogo sem vencer no campeonato, em plena queda livre após ser a surpresa do primeiro terço da ‘Serie A’.

A formação de Udine até começou por cima, com o sétimo golo do português Beto no campeonato, aos 10 minutos, mas Sansone (59) e Posch (80) consumaram a reviravolta.

Quinta com 34, a rival da Roma, a Lazio, venceu hoje em casa do Sassuolo, 17.º, por 2-0, com um golo do brasileiro ex-F. C. Porto Felipe Anderson e o português Luís Maximiano como suplente não utilizado.

O Spezia ganhou fôlego na luta pela manutenção ao vencer em casa do Torino por 1-0, com o lateral português João Moutinho a entrar aos 90+1.

Compartilhe nas redes sociais

Benvindo(a) à Radio Manchete. 📻

Ouvir 📻
X