e-a-depressao-fien-que-vai-trazer-frio,-chuva-e-vento-nos-proximos-dias

É a depressão Fien que vai trazer frio, chuva e vento nos próximos dias

A depressão Fien chegou, esta segunda-feira, a Portugal Continental e será responsável pelo agravamento das condições meteorológicas nos próximos dias, prevendo-se frio, chuva e agitação marítima.

“O estado do tempo em Portugal continental será influenciado pela ação conjunta de um anticiclone localizado na região dos Açores e da depressão Fien, induzindo uma forte corrente de noroeste sobre o continente com o transporte de uma massa de ar polar marítimo“, descreve o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), num comunicado publicado na sua página da Internet.

De acordo com o IPMA, prevê-se a ocorrência de períodos de chuva no continente, em particular nas regiões Norte e Centro, “passando a regime de aguaceiros na terça-feira”.

Também para terça-feira, prevê-se a queda de neve acima dos 800/1100 metros de altitude no Norte e Centro do país e a intensificação do vento, com rajadas que em algumas regiões poderão atingir os 120 quilómetros por hora.

A temperatura também irá “descer significativamente entre terça e quinta-feira, com valores de temperatura mínima abaixo dos 5 graus Celsius, sendo entre -5 C a 0º no interior Norte e Centro e entre 5 C e 8ºC no litoral da região Sul.

Os distritos do Porto, Viana do Castelo, Lisboa, Leiria, Aveiro, Coimbra e Braga vão passar de aviso laranja para vermelho, a partir das 21 horas de terça-feira e até às 6 horas de quarta-feira, devido à agitação marítima. Há previsão de agitação marítima forte, com ondas de noroeste com 6,5 a 7,5 metros de altura significativa, podendo atingir a altura máxima de 12 a 14 metros.

Os distritos de Faro, Setúbal e Beja estão sob aviso amarelo por causa da agitação marítima forte até às 18 horas de terça-feira passando depois a aviso laranja até às 00.00 horas de quinta-feira.

Sob aviso laranja estão ainda os distritos de Castelo Branco e da Guarda devido à previsão de vento de oeste com rajadas até aos 120 quilómetros por hora nas terras altas entre as 21 horas desta segunda-feira e as 6 horas de terça-feira.

O IPMA emitiu também aviso amarelo para os distritos de Bragança, Viseu, Porto, Faro, Vila Real, Setúbal, Viana do Castelo, Lisboa, Beja, Aveiro, Coimbra e Braga entre as 21 horas de hoje e as 3 horas de terça-feira por causa do vento forte, prevendo-se rajadas até 100 quilómetros por hora nas terras altas.

Os distritos de Braga, Coimbra, Aveiro, Castelo Branco, Viana do Castelo, Vila Real, Guarda, Porto, Viseu e Bragança estão igualmente sob aviso amarelo por causa da queda de neve acima de 800/1.000 metros, descendo a quota para os 500/700 metros entre as 6 horas de terça-feira e as 3 horas de quarta-feira.

O IPMA emitiu ainda aviso amarelo para os distritos de Viseu, Porto, Vila Real, Viana do Castelo, Aveiro e Braga devido à previsão de chuva por vezes forte, em especial nas regiões montanhosas entre as 00:00 e as 03:00 de terça-feira.

Devido à forte agitação marítima as barras marítimas de Aveiro, Caminha, Douro, Esposende, Vila Praia de Âncora, Póvoa de Varzim e Vila do Conde estão fechadas a toda a navegação.

Por causa do estado do tempo, a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC) pediu no sábado à população para que adote medidas preventivas para se defender da “descida significativa da temperatura”, acompanhada de precipitação no Minho e Douro Litoral e neve nas terras altas, a partir de hoje.

Compartilhe nas redes sociais

Benvindo(a) à Radio Manchete. 📻

Ouvir 📻
X