operacao-contra-os-rebeldes-mata-soldado-senegales-em-casamansa

Operação contra os rebeldes mata soldado senegalês em Casamansa

O incidente ocorreu na segunda-feira no departamento de Bignona, onde o exército tem conduzido operações contra os rebeldes do Movimento das Forças Democráticas de Casamansa (MFDC) que reivindicam a independência desta região fronteiriça com a Gâmbia e a Guiné-Bissau, de acordo com a imprensa senegalesa.

Um soldado morreu e quatro ficaram feridos, disse um oficial do exército à agência AFP, sem adiantar pormenores.

O exército encontrava-se a intervir para impedir os rebeldes de estabelecerem uma nova base perto da Gâmbia e para destruir os campos de cânhamo indianos, disse a imprensa.

Os rebeldes da Casamansa, a norte da Guiné-Bissau, acusados de tráfico de madeira e cannabis, fogem frequentemente para a Gâmbia ou Guiné-Bissau.

Casamansa tem sido o cenário de uma das rebeliões mais antigas do continente desde que os combatentes da independência saíram à rua com armamento rudimentar depois de uma marcha do MFDC ter sido suprimida em dezembro de 1982.

O conflito custou milhares de vidas e devastou a economia. Nos últimos anos, as autoridades senegalesas comprometeram-se a reinstalar os deslocados.

O Presidente senegalês, Macky Sall, eleito em 2012 e reeleito em 2019, fez da paz em Casamansa uma das suas prioridades.

Leia Também: Pelo menos 20 mortos no Senegal em novo acidente entre autocarro e camião

Seja sempre o primeiro a saber.
Sétimo ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

Compartilhe nas redes sociais

Benvindo(a) à Radio Manchete. 📻

Ouvir 📻
X