fitur-reune-8.500-empresas-de-131-paises-em-madrid,-92-portuguesas

FITUR reúne 8.500 empresas de 131 países em Madrid, 92 portuguesas

Esta é a 43.ª edição da FITUR e volta a realizar-se sem restrições ditadas pela pandemia de covid-19, que condicionou a organização e participação nos anos de 2021 e 2022.

Os números relativos à participação de empresas e países, assim como a expectativa de visitantes (200 mil pessoas, entre profissionais e público em geral) estão ainda aquém dos registados em janeiro de 2020, ainda sem pandemia.

Naquele ano, estiveram na FITUR 11.040 empresas de 165 países e regiões, distribuídos por 918 expositores e 69.700 metros quadrados. Em 2020, cerca de 255.000 pessoas visitaram a feira.

Apesar de com menor dimensão e restrições, a FITUR nunca deixou de se realizar por causa da pandemia, ao contrário de todas as outras grandes feiras internacionais do setor.

“A feira está a ser o fiel reflexo dos dados que regista o turismo a nível nacional e mundial. Segundo a Organização Mundial do Turismo (OMT), o turismo internacional está a caminho de alcançar 65% dos níveis anteriores à pandemia em finais de 2022, já que o setor continua a recuperar da pandemia”, escreveu a organização da FITUR, num comunicado divulgado na semana passada para apresentar a edição deste ano.

De acordo com informação do Turismo de Portugal, a representação portuguesa este ano conta com 92 empresas, além das sete regiões turísticas do país (Porto e Norte, Centro, Alentejo, Algarve, Madeira e Açores), instaladas num expositor de 900 metros quadrados.

No ano passado, foram 52 as empresas portuguesas que estiveram na FITUR (além das sete regiões).

Entre as atividades previstas este ano por parte da representação portuguesa está a apresentação em Madrid, na quinta-feira, da estratégia de turismo transfronteiriça adotada por Portugal e Espanha na última cimeira entre os dois países, em novembro do ano passado.

A Estratégia conjunta para a Sustentabilidade do Turismo Transfronteiriço entre Portugal e Espanha 2022-2024 pretende valorizar e promover destinos e produtos e formar recursos humanos nas zonas de fronteira entre os dois países.

Portugal e Espanha partilham uma fronteira terrestre de 1.234 quilómetros, a mais longa da União Europeia.

A estratégia para o turismo insere-se na Estratégia Comum de Desenvolvimento Transfronteiriço de Portugal e Espanha, anunciada na cimeira ibérica da Guarda de outubro e 2020, para abranger 1.551 freguesias portuguesas e 1.231 municípios espanhóis.

A 43.ª FITUR abre hoje de manhã e é inaugurada pelos reis de Espanha, Felipe VI e Letízia.

A inauguração do pavilhão de Portugal conta hoje com a presença do secretário de Estado do Turismo, Nuno Fazenda.

Na quinta-feira, estará na FITUR o ministro da Economia, António Costa Silva, que participará na apresentação da Estratégia conjunta para a Sustentabilidade do Turismo Transfronteiriço entre Portugal e Espanha 2022-2024, ao lado da ministra espanhola com a pasta do Turismo, Reyes Maroto.

Leia Também: Hotel Turismo da Guarda integrado na rede de Pousadas de Portugal

Seja sempre o primeiro a saber.
Sétimo ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

Compartilhe nas redes sociais

Benvindo(a) à Radio Manchete. 📻

Ouvir 📻
X