Os EUA vão enviar 31 carros blindados para a Ucrânia. O apoio é anunciado depois de a Alemanha ter oferecido ajuda militar. Pedro Ivo Carvalho, diretor-adjunto do JN, analisa a importância destas decisões para a evolução do conflito.

60 segundos

Análise JN: “Coligação de tanques” pode ser defensiva