“da-passagem-pelo-fc-porto-ainda-permanecem-muitas-coisas-comigo”

“Da passagem pelo FC Porto ainda permanecem muitas coisas comigo”

Contando com um percurso por vários países, Luís Castro concedeu uma entrevista ao The Coaches Voice para realçar a diferença de “contextos entre continentes”, aproveitando ainda para falar da forma como vê o futebol no Brasil e da passagem… pelo FC Porto.

“Encontrei um contexto na Ucrânia, deixei um contexto em Portugal, encontrei um contexto no Oriente Médio, no Qatar, que é totalmente diferente do Brasil”, começou por assinalar, antes de esclarecer o processo de construção de uma equipa: “Temos de perceber exatamente qual é a cultura do país, qual é a cultura do clube, aquilo que é a nossa ideia e aquilo que é a ideia de futebol no país. E aí, construímos uma equipa”.

Desafiado a escolher equipas em que tivesse conseguido ver as suas ideias mais vincadas, o treinador português recordou um clube português e falou ainda da passagem pelo FC Porto.

“Cada momento da nossa carreira tem a sua importância. Dizer qual é a equipa que me deu mais prazer de trabalhar, ou que vi mais projetado em campo aquilo que são as minhas ideias de jogo? Talvez, onde mais consegui terá sido no [Desportivo de] Chaves, na I Liga, e no Shakhtar Donetsk. Incluo também o FC Porto B, no ano em que fomos campeões da II Liga”, relembrou.

“Da minha passagem pelo Porto ainda permanecem muitas coisas comigo. Adoro partilhar conhecimento e falar sobre futebol com os meus colegas. Gosto muito de orientar os jogadores, de perceber seus problemas, ajudá-los e lhes dar a minha atenção”, acrescentou, antes de falar do trabalho no Brasil.

“O Botafogo é um dos meus maiores desafios na carreira. Construir uma equipa, um centro de treinos e um conjunto de infraestruturas para suportar a equipa são desafios enormes. O Botafogo vinha da Serie B. Na minha primeira temporada, o nosso grande desafio era a manutenção na Serie A e conseguimos conquistar uma vaga na Copa Sul-Americana. Foi um primeiro ano complexo, mas com bons resultados”, atirou.

Recorde-se que, em Portugal, Luís Castro treinou também equipas como o Vitória SC e o Rio Ave.

Leia Também: Quem sabe não esquece. O golaço de Ricardinho na Kings League

Leia Também: Ibrahimovic arrasa Argentina e só poupa Messi: “Não ganham mais nada”

Seja sempre o primeiro a saber.
Sétimo ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Compartilhe nas redes sociais

Benvindo(a) à Radio Manchete. 📻

Ouvir 📻
X