guerra-com-china?-“nao-e-opcao”,-diz-presidente-de-taiwan

Guerra com China? “Não é opção”, diz presidente de Taiwan

A guerra com a China “não é uma opção” para a presidente do Taiwan, Tsai Ing-wen, apesar de Pequim não reconhecer o país como um território independente.

Ainda assim, a presidente defende que uma interação construtiva com Pequim dependerá do respeito à democracia soberana de Taiwan.

A informação foi revelada por Ing-wen ao Papa Francisco numa carta, citada pela agência Associated Press, enviada ao Vaticano, que é o último governo europeu a ter relações diplomáticas com Taiwan em detrimento de Pequim, num âmbito em que os Estados Unidos e outras nações ocidentais mantêm fortes laços informais com Taipé.

Taiwan e a China separaram-se em 1949, após uma guerra civil, e Pequim não reconhece o território como independente, apesar de terem negócios milionários em comércio e investimentos. Regularmente, o governo chinês desfila caças e bombardeiros perto de Taiwan, numa forma de pressão sobre Taipé para diminuir o seu esforço por procurar relações diplomáticas com o resto do mundo.

Leia Também: Deputados da Lituânia criticam China por impedir aproximação a Taiwan

Seja sempre o primeiro a saber.
Sétimo ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

Compartilhe nas redes sociais

Benvindo(a) à Radio Manchete. 📻

Ouvir 📻
X