epoca-chuvosa-ja-matou-198-pessoas-em-mocambique

Época chuvosa já matou 198 pessoas em Moçambique

Um quarto dos óbitos (53) aconteceu na última semana, entre 07 e 13 de março, com a segunda passagem do ciclone Freddy pelo país, sacrificando em especial a capital provincial de Quelimane e a província da Zambézia.

O chefe de Estado falava após visitar a região e anunciou a criação de uma nova comissão técnico-científica.

Será “um órgão de consulta para assuntos ligados às alterações climáticas, incluindo eventos extremos, analisando as causas e efeitos”, explicou.

Filipe Nyusi espera que o grupo de especialistas recomende ao Governo “soluções para a prevenção, mitigação e adaptação” aos fenómenos climáticos extremos.

Para já, na zona afetada pelo ciclone Freddy, a prioridade é apoiar as 253.000 pessoas atingidas – entre as desalojadas e as que tiveram outros prejuízos -, reativar escolas e outros serviços essenciais.

Leia Também: Presidente do Malaui pede ajuda internacional devido ao ciclone Freddy

Seja sempre o primeiro a saber.
Sétimo ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

Compartilhe nas redes sociais

Benvindo(a) à Radio Manchete. 📻

Ouvir 📻
X