“o-ministerio-publico-e-miseravel”.-cantor-revoltado-em-tribunal-[video]

“O Ministério Público é miserável”. Cantor revoltado em tribunal [vídeo]

Tony Carreira não poupou críticas à prestação do Ministério Público no processo da morte da filha, Sara Carreira. Esta quinta-feira, 16 de março, o cantor esteve atento ao debate instrutório que aconteceu no Tribunal de Santarém. O advogado do artista pediu que Paulo Neves, Cristina Branco e Ivo Lucas, que estiveram envolvidos no acidente, sejam pronunciados pelo crime de homicídio por negligência grosseiro, cujas penas para este tipo de crimes podem ir até aos cinco anos de prisão.

Tony Carreira saiu do Tribunal acompanhado da ex-mulher, Fernanda Antunes, onde falou com os jornalistas, criticando a prestação do Ministério Público durante todo este processo. A TV 7 Dias captou as declarações do cantor, que começa por dizer: “Vou tentar explicar o que senti ali porque não quero ser muito interveniente nisto. Vou agora aguardar para ver”.

O artista continuou: “A minha opinião é que o Ministério Público teve um resumo simplesmente miserável. Em relação ao resto, estou aqui simplesmente para ouvir, não venho aqui para condenar absolutamente ninguém. Estou aqui para que prevaleça a verdade, a memória da minha filha. Estou aqui, simplesmente, para tentar perceber“.

Tony Carreira foi ainda mais longe nas críticas ao Ministério Público. “Não venho aqui com o espírito de vingança de absolutamente nada. Dois anos e meio passaram e estou aqui para ouvir e perceber. Não venho para culpar absolutamente ninguém porque isso não sou eu que farei, se for o caso. Quem o fará será a justiça. Agora, realmente, o Ministério Público é lamentável, miserável. É tudo o que eu tenho para dizer”, finalizou.

Veja o vídeo do momento na galeria acima.

Texto: Luís Duarte Sousa e Luís Correia; Fotos: Redes Sociais

Siga a Nova Gente no Instagram

Compartilhe nas redes sociais

Benvindo(a) à Radio Manchete. 📻

Ouvir 📻
X